Apple disponibiliza novas tecnologias para desenvolvedores e flexibiliza regras da App Store

Alguns dos novos recursos do iOS 14 e do macOS Big Sur não se restringem somente às funções nativas do sistema e são disponibilizadas também para desenvolvedores e seus respectivos apps.

Publicidade

Entre essas novidades está o WidgetKit e o App Clips, dois recursos os quais permitirão que desenvolvedores “criem a nova geração de apps”. Além disso, a companhia também atualizou suas próprias ferramentas para criação/integração de aplicativos, como o Xcode e o Mac Catalyst, para tirar proveito desses recursos.

Outra novidade interessante tem a ver com mudanças que a Maçã pretende efetuar no cerne da App Store, relacionadas ao envio de apps e às regras da loja — possivelmente para recuperar a confiança dos desenvolvedores, estremecida nos últimos dias.

São várias novidades; sem mais delongas, vamos conferi-las!

Publicidade

WidgetKit

O WidgetKit é um novo framework o qual permite que desenvolvedores criem e disponibilizem widgets no iOS, no iPadOS e no macOS com a nova API1 que inclui novos tamanhos para widgets e uma galeria com vários modelos.

WidgetKit para iOS, iPadOS e macOS

Há ainda o que a Apple chama de “Smart Stacks”, uma tecnologia criada para exibir widgets com base em fatores como hora, local e atividade.

App Clips

Com o App Clips, usuários terão uma maneira rápida e fácil de descobrir aplicativos por meio de novos indicadores visuais, tags NFC2, links compartilhados e muito mais.

Publicidade
App Clips
  • Tags NFC: basta tocar o iPhone nessas tags de estabelecimentos/locais específicos para iniciar App Clip diretamente da tela de bloqueio.
  • Código QR: com esses códigos em locais específicos, é possível escaneá-los com o iPhone para iniciar um App Clip.
  • Safari: também é possível iniciar App Clips a partir de páginas da web configuradas com um “Smart App Banner” (banner inteligente de apps).
  • Mensagens: ao compartilhar um App Clip pelo app Mensagens, a pessoa que o recebe poderá abri-lo diretamente pelo iMessage.
  • Mapas: quando um App Clip está associado a um local específico, basta registrá-lo para que usuários possam abri-lo diretamente pelo app.
  • Usados recentemente: os App Clips usados recentemente podem ser encontrados (e reabertos) na categoria Recentes da nova Biblioteca de Apps do iOS 14.

Segundo a Apple, os App Clips são iniciados em questão de segundos, fazendo com que o usuário obtenha uma parte da experiência completa de um aplicativo e, concomitantemente, oferecendo aos desenvolvedores uma maneira nova de alcançar clientes destacando a principal funcionalidade do software. Uma vez dentro do App Clip, será possível instalar facilmente o aplicativo completo com um único toque.

Outras características dos App Clips: notificações podem ser exibidas em até oito horas após o usuário iniciá-lo; verificação de local para App Clips com base em NFC ou código QR; e, ainda, múltiplas experiências para um mesmo aplicativo.

Xcode 12

Com um design totalmente novo, o Xcode 12 agora possui tamanhos de fontes personalizáveis, conclusão de código simplificada e novas guias de documentos. O software também conta, por padrão, com a opção de cria aplicativos universais para oferecer suporte a Macs com os chips da Apple — segundo a Maçã, “sem alterar uma única linha de código”.

Publicidade

Quanto aos tamanhos de fontes personalizáveis, o Xcode agora rastreia automaticamente a configuração do sistema usada, por exemplo, na coluna lateral do Finder ou do Mail. O desenvolvedor também pode escolher um tamanho de fonte exclusivo apenas para o Xcode ou para seções específicas.

Xcode 12

Já a conclusão de código simplificada se trata de um novo recurso da interface do Xcode que apresenta apenas as informações necessárias, ocupando menos espaço na tela enquanto o código é inserido — além disso, as conclusões são apresentadas mais rapidamente para manter o ritmo da programação.

Por fim, o novo modelo de guia permite abrir uma nova aba com um clique duplo ou acompanhar o arquivo selecionado à medida que você clica no navegador. É possível reorganizar as abas do documento para criar um conjunto de arquivos para a tarefa atual e configurar como o conteúdo é mostrado em cada uma delas.

Vale lembrar, ainda, que o Xcode 12 foi desenvolvido como um app universal que roda nativamente em CPUs com processadores da Intel e, claro, com o Apple Silicon.

Mac Catalyst

Estreado no passado, junto ao macOS Catalina 10.15, o Mac Catalyst facilitou a migração de apps do iPad para o Mac. Com o macOS Big Sur, apps criados com o Mac Catalyst herdam automaticamente o novo design do sistema operacional desktop, oferecendo aos desenvolvedores “novas APIs poderosas e maior controle sobre o comportamento de seus aplicativos”.

Neste ano, porém, o recurso ganhou uma novidade que dá aos desenvolvedores a chance de optar por manter o app para Mac dimensionado em uma resolução para corresponder ao aplicativo para iPad ou assumir o controle total da interface do Mac para criar uma “experiência verdadeiramente personalizada”.

O Mac Catalyst também ganhou suporte para novos recursos de frameworks como o HomeKit, cujos apps de automação residencial poderão ser executados juntamente ao aplicativo Casa (Home) no macOS Big Sur.

Ademais, a adição da estrutura do ClassKit permite que os aplicativos rastreiem tarefas e compartilhem o progresso com professores e alunos. Além disso, existem atualizações para diversos outros frameworks, incluindo Contas, Contatos, Núcleo de áudio, GameKit, MediaPlayer, PassKit e StoreKit.

Assinaturas, regras da App Store e transparência

A nova ferramenta StoreKit no Xcode 12 permite que os desenvolvedores simulem a configuração da assinatura, compras no aplicativo e até reembolsos — tudo agora no Mac. Há também um novo framework que facilita automatizar ações importantes, como notificações de renovação de assinatura e reembolso de clientes.

A Apple também anunciou que criará canais adicionais para desenvolvedores compartilharem comentários durante os novos fóruns de desenvolvedores que ocorrerão daqui para frente. Nesses fóruns, todos serão incentivados a compartilhar sugestões para que a Apple possa “continuar implementando alterações e melhorando a experiência da App Store para toda a comunidade de desenvolvedores” — certamente a polêmica envolvendo o app HEY teve alguma coisa a ver com isso.

Além disso, duas alterações serão aplicadas ao processo de revisão de apps da App Store nos próximos meses: em primeiro lugar, os desenvolvedores não apenas poderão recorrer de decisões acerca de apps que possam ou não ter violado determinada diretriz da companhia, como também terão um mecanismo para contestar a regra em si; em segundo lugar, para aplicativos que já estão na App Store, as correções de bugs não serão mais adiadas por violações das diretrizes, exceto aquelas relacionadas a questões legais — sendo assim, desenvolvedores poderão resolver quaisquer problemas na próxima atualização ou versão.

Recursos de privacidade da App Store no iOS 14

Por fim, agora desenvolvedores têm a oportunidade de detalhar as práticas de privacidade de seus aplicativos diretamente na App Store, para que usuários saibam quais dados um app pode coletar, se esses dados são compartilhados com terceiros, bem como se há ou não uma opção desativar a coleta de dados por completo.

Outros recursos para desenvolvedores

  • ARKit 4: novas maneiras de capturar informações sobre o mundo real usando uma nova API de profundidade projetada para funcionar com o sensor LiDAR do iPad Pro, permitindo a criação de novos tipos de aplicativos, como arquitetura, design, paisagismo, etc.
  • Aprendizado de máquina: o desenvolvimento está mais fácil e mais abrangente, com ferramentas adicionais no Core ML para implantação e criptografia de modelos e recursos de treinamento no Create ML, além de mais APIs para visão e linguagem natural.
  • PencilKit: com o novo recurso Scribble, será possível criar aplicativos com campos de entrada de texto onde usuários podem escrever com o Apple Pencil. Desenvolvedores também terão acesso aos dados de traçado usando o PencilKit, para lidar melhor com os gestos de toque do sistema.
  • Swift Package Manager: suporte a recursos para compartilhar facilmente pacotes e localizações do Asset Catalog.
  • TestFlight: suporte a até 100 membros de uma equipe para distribuição rápida de compilações.
  • AirPods Motion: nova API que fornece acesso aos dados de movimentação em tempo real.
  • Iniciar sessão com a Apple: agora, desenvolvedores podem permitir que usuários atualizem contas de aplicativos de terceiros existentes para o recurso de login da Apple.

De fato, desenvolvedores foram bem servidos com as novidades da Apple — torçamos, portanto, que os recursos anunciados hoje sejam levados para o maior número possível de apps no iOS/iPadOS 14 e no macOS Big Sur assim que os sistemas forem disponibilizados para o grande público.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…