Daqui a algumas horas, veremos Tim Cook apresentando a keynote de abertura da Worldwide Developers Conference (WWDC) 2020, mas durante o fim de semana ele concedeu uma entrevista sobre outros assuntos para o programa Sunday Morning, da rede CBS.

Publicidade

De forma remota, obviamente, Cook falou com o correspondente John Dickerson sobre mudanças sociais, responsabilidade corporativa, o papel de câmeras de smartphones no progresso da sociedade (incluindo o assassinato recente de George Floyd), sua relação com Donald Trump, entre outros.

Questionado se puxa esses assuntos em seus encontros e papos com o presidente dos Estados Unidos, Cook declarou:

É claro que sim. E nessa questão, em minha mente, como disse antes, todos os caminhos levam à igualdade. […] Acredito que todos devem ser tratados com dignidade e respeito. É simples assim. Começamos a vida em pé de igualdade e, em seguida, as pessoas que trabalham duro podem avançar e esse tipo de coisa. Mas devemos começar a vida em pé de igualdade. E anseio por esse dia.

Respondendo uma pergunta sobre a responsabilidade de grandes empresas como a Apple em situações como a pandemia atual do novo Coronavírus (COVID-19), Cook também destacou todos os esforços que a empresa tem feito para ajudar nesse sentido — incluindo a fabricação de protetores faciais, doações, a API desenvolvida em parceria com o Google, um app com informações/orientações para usuários, etc.

Publicidade

Gay assumido, Cook também aplaudiu uma decisão recente da Suprema Corte dos EUA que agora protege trabalhadores LGBTQ contra discriminação de qualquer tipo no ambiente de trabalho ou mesmo contra demissões aleatórias devido a orientação sexual ou identidade de gênero.

Obviamente, nenhum tópico sobre as novidades de hoje da WWDC20 foi tratado nessa entrevista.

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…