WWDC20: iPadOS 14 tem aplicativos redesenhados e novidades para o Apple Pencil E todas as novidades do iOS 14, claro

Depois da cachoeira de novidades do iOS 14, foi a vez de a Apple passar a atenção para seu irmão mais novo: o iPadOS 14, naturalmente.

Publicidade

Obviamente, o sistema tem várias das novidades introduzidas pelo iOS 14 — e vai além, com elementos de experiência que “cabem” nas telas maiores dos tablets. Para começar, a Apple introduziu o conceito “Designed for iPad”: um selo aplicado a aplicativos que são projetados somente para o iPad, pensando nos seus paradigmas de interface em primeiro lugar.

O sistema está ganhando uma nova interface de busca universal, similar ao Spotlight do macOS, pela qual você pode abrir apps, interagir com contatos, encontrar documentos, obter informações rápidas e mais.

Vários apps nativos do sistema ganharam uma barra lateral que é usada para controlar o seu funcionamento. No Fotos, por exemplo, você pode arrastar imagens para as pastas e transportá-las por diferentes álbuns; no Notas, é possível pular rapidamente por pastas e modos de visão. O Música ganhou uma nova interface, e a tela “Em reprodução” mostra as letras das canções. O sistema conta com os mesmos widgets redesenhados do iOS 14, claro.

A Siri, assim como no iOS 14, está muito menos intrusiva, mostrando informações contextuais no canto da tela.

As notificações de chamada, como do FaceTime ou Skype, agora são minimizadas e aparecem no topo da tela — uma novidade que vale também para o iOS 14, vale notar.

O Apple Pencil também recebeu novidades: com o recurso Scribble, você pode escrever (com sua escrita de mão) em qualquer campo de texto e o sistema converterá seus manuscritos em texto “real” — ele detecta múltiplos idiomas na mesma linha e detecta números de telefone e endereços. Além disso, é possível selecionar e copiar texto manuscrito da mesma forma que texto digital. O acessório também é capaz de reconhecer “formas” comuns e melhorá-las — caso você desenhe um coração, portanto, ele “ajusta” seu desenho para que o coração fique mais bonitinho.

Para desenvolvedores, a Apple oferecerá também uma nova Depth API para que explorem ainda mais o scanner LiDAR dos últimos iPads Pro em seus apps. Estes, por sinal, terão que informar mais detalhes de privacidade para usuários, os quais terão novos controles sobre eles.

Assim como os demais sistemas anunciados hoje, a primeira versão de testes do iPadOS 14 será disponibilizada ainda hoje para desenvolvedores; a primeira beta pública será liberada em julho, enquanto a versão final do sistema será lançada no outono do hemisfério norte.

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…