A WWDC20 também trouxe novidades relacionadas ao watchOS, o sistema operacional que roda nos Apple Watches. Vamos ao que interessa!

Publicidade

O executivo Kevin Lynch mostrou um preview do watchOS 7, que terá complicações em múltiplas áreas de um mostrador — ou seja, um mesmo app poderá oferecer mais informações ao mesmo tempo na tela do relógio.

A nova versão também traz um novo mostrador Cronógrafo Pro, um novo Extra Grande (com mais informações), e está mais fácil adicionar e escolher suas complicações.

Na parte social, usuários também poderão compartilhar seus mostradores; ao inserir o mostrador compartilhado, o sistema poderá sugerir a instalação de apps que estejam posicionados em certas complicações no mostrador, facilitando as coisas para você reproduzir aquele mostrador com sucesso.

O app Mapas no watchOS 7 também está ganhando novidades inclusas nos outros sistemas, como direções para bicicletas — com a opção de incluir ou não escadas para cortar caminho. Já no app Exercícios, teremos suporte a dança: e não importa o estilo — o app Exercício agora analisa e contabiliza seus movimentos de forma precisa, identificando danças que usam mais braços, pernas ou todo o corpo. Há uma série de outros tipos de exercícios suportados, incluindo alongamento/cooldown.

O app Atividade no iOS 14 e no watchOS 7 foi redesenhado com informações mais bem organizadas, passando a se chamar Fitness.

No campo de saúde, o watchOS 7 incorpora monitoramento de sono, algo muito esperado desde os primórdios do relógio — a ideia é ajudar o usuário a dormir melhor, indicando a melhor hora de ir dormir (orientando a pessoa a reduzir seu ritmo perto da hora de ir deitar) e também de acordar.

O iPhone aos poucos vai “indo dormir”, ativando o modo Não Perturbe, reproduzindo músicas relaxantes, reduzindo o brilho da tela e mais; há novos sons de despertador e a opção de só vibrar no pulso. Ao acordar, você vê um resumo da noite e o nível de bateria para você decidir se precisa recarregar o relógio ou não. Há uma série de fatores monitorados enquanto a pessoa dorme, e os relatórios podem ser acessados tanto pelo Apple Watch quanto pelo iPhone.

Focado no pandemia do novo Coronavírus, o watchOS 7 também lembrará usuários de levarem as mãos, detectando automaticamente quando você começar a lavar as mãos e orientado-o a fazer isso da forma mais adequada possível, e no tempo mínimo necessário (20 segundos).

O Apple Watch com o novo sistema também observará mais os hábitos de audição do usuário, reduzindo o volume de fones de ouvido quando estiver acima dos níveis adequado por longos períodos e lhe oferecendo recomendações para a sua saúde auditiva.

Não são muitas novidades, mas sem dúvidas elas ajudam a deixar o watchOS mais maduro — sem falar, é claro, que algumas novidades do novo sistema serão apresentadas apenas junto ao “Apple Watch Series 6”, quando ele for lançado. 😉

Assim como os demais sistemas anunciados hoje, a primeira versão de testes do watchOS 7 será disponibilizada ainda hoje para desenvolvedores, enquanto a primeira beta pública será liberada em julho — sim, pela primeira vez o sistema operacional do Apple Watch também participará do programa de testes aberto ao público. A versão final do sistema será lançada no outono do hemisfério norte.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…