E vejam só: Macs com chips da Apple terão, sim, Thunderbolt Usuários profissionais já podem respirar aliviados — e a Intel também

Hoje mais cedo, quando falamos aqui sobre a apresentação oficial do protocolo Thunderbolt 4, da Intel, comentamos que a Apple dificilmente abraçaria a novidade: com a transição dos Macs para o Apple Silicon, faria muito mais sentido para a Maçã adotar o USB4, um padrão aberto, do que continuar pagando royalties à Intel e adaptando seus chips para funcionar com uma tecnologia proprietária da empresa.

Publicidade

Bom, estávamos errados: em declaração ao The Verge, a Maçã prometeu que seguirá suportando o protocolo Thunderbolt nos Macs com chips próprios. Mais precisamente, o comunicado da empresa foi o seguinte:

Há mais de uma década, a Apple se juntou à Intel para projetar e desenvolver o protocolo Thunderbolt; hoje, nossos consumidores desfrutam da velocidade e da flexibilidade que ele traz a todos os Macs. Nós continuamos comprometidos com o futuro do Thunderbolt e continuaremos suportando-o nos Macs com Apple Silicon.

Com isso, usuários avançados/profissionais podem respirar aliviados — a gama de acessórios e periféricos para Macs baseados no Thunderbolt 3, afinal de contas, já é relativamente extensa. Quem também deve ter soltado fogos com a notícia é a própria Intel, já que a Apple sempre foi uma das suas maiores parceiras no desenvolvimento e na adoção da tecnologia; abandonar o Thunderbolt representaria mais um abalo e tanto na relação entre as empresas (e na popularidade do protocolo, também).

Por outro lado, ainda teremos de aguardar para ver algum produto da Apple com chip próprio e suporte ao protocolo Thunderbolt. Os iPads Pro, por exemplo, têm uma porta USB-C — assim como os Macs mini com chip A12Z Bionic, dos kits de transição para desenvolvedores. Vamos aguardar.

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…