Mudra Band para Apple Watch

Depois de tantos anos, a Apple já conseguiu desenvolver a interface do watchOS o suficiente para que ela seja intuitiva e fácil de navegar com os dedos (e a eventual intervenção da Digital Crown). Ainda assim, se você sente a necessidade de adicionar mais um elemento de interação com o relógio, imagino que você vá gostar da Mudra Band.

Publicidade

O projeto, que já arrecadou mais de quatro vezes a sua meta de financiamento no Indiegogo, tem uma proposta ambiciosa: por meio de uma pulseira especial para o Apple Watch, o usuário pode controlar certos aspectos do dispositivo com gestos manuais. Com isso, você pode usar o relógio com uma das mãos ocupadas, dirigindo ou usando luvas.

A tecnologia por trás da Mudra Band é interessante: a pulseira traz eletrodos que ficam em contato direto com a sua pele e capturam os sinais enviados do cérebro para a mão. A partir daí, ferramentas de aprendizado de máquina entram em ação para distinguir os movimentos — o acessório já traz movimentos pré-configurados para cada ação, mas você pode configurá-lo ao seu gosto, caso queira.

A pulseira traz suporte a vários gestos em três diferentes categorias: os discretos são aqueles momentâneos, como a movimentação de um único dedo ou um toque rápido entre o polegar e o indicador; os contínuos são aqueles que registram variação num mesmo movimento, como a aplicação de força num objeto ou em outro dedo. Por fim, os gestos air-touch são feitos movendo os dedos no ar, como num “deslize para desbloquear”.

Mas o que exatamente você pode controlar com a Mudra Band? Temos algumas opções: inicialmente, você pode comandar a reprodução das suas músicas, ajustar o volume, aceitar ou rejeitar uma chamada ou dispensar uma notificação — mais ações serão adicionadas com o tempo.

A pulseira pode ser utilizada na mão direita ou esquerda; ela é ajustável para funcionar a contento com pulsos de todos os tipos e tamanhos. Na caixa, um adaptador permite que você encaixe a Mudra Band a relógios de qualquer tamanho (38mm a 44mm), mas apenas o Apple Watch Series 3 e posteriores são compatíveis.

Publicidade

Vale notar que ela comunica-se via Bluetooth com o iPhone, e não o Apple Watch, então a bateria do relógio não é afetada pelo seu funcionamento. A autonomia da Mudra Band, segundo os fabricantes, é de dois dias com uso comum.

A ideia é realmente muito interessante, e os primeiros vídeos da Mudra Band em funcionamento são promissores. Resta saber, agora, se a fabricante conseguirá entregar a promessa em larga escala — a previsão é que os envios sejam iniciados em dezembro de 2020, com fabricação em massa em março do ano que vem. Quem se interessou pode contribuir com o mínimo de US$180 no Indiegogo para garantir sua unidade.

dica do Miguel Dornaes

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…