Qualcomm promete recarregar baterias de smartphones em 15 minutos com nova tecnologia iPhones, entretanto, ficarão de fora

Qualcomm Quick Charge 5

Os iPhones até que recarregam num ritmo satisfatório caso você use um adaptador de tomada de 18W (incluso com os modelos 11 Pro, mas cobrado à parte para todos os outros) — algo em torno de 30 minutos para chegar à metade da capacidade da bateria, e pouco mais de 1h30 para a carga completa.

Publicidade

Caso a Qualcomm cumpra uma promessa feita hoje, entretanto, a Apple terá muito trabalho a fazer nos seus laboratórios de engenharia. A empresa anunciou o Quick Charge 5, tecnologia embarcada nos futuros chips Snapdragon que permitirá aos smartphones ter suas baterias carregadas de 0% a 100% em nada mais do que 15 minutos! 😳

O cálculo é feito com uma bateria de 4.500mAh — a efeito de comparação, o iPhone 11 Pro Max tem uma bateria de 3.969mAh. Segundo a Qualcomm, os aparelhos poderão chegar a 50% de carga em apenas 5 minutos de tomada; a nova tecnologia pode atingir 100W de potência e é até 70% mais eficiente do que a Quick Charge 4, de 2017.

Tecnologia Quick Charge 5, da Qualcomm

Obviamente, as primeiras questões em relação a uma recarga tão rápida são quanto à temperatura e à durabilidade da bateria. O primeiro assunto não deverá ser uma preocupação, de acordo com a Qualcomm: as baterias poderão ficar até 10ºC mais frias em relação àquelas carregadas com o Quick Charge 4.

Publicidade

A durabilidade dos componentes é uma questão um pouco mais incerta: quando perguntado sobre o assunto, o diretor de produto da Qualcomm, George Paparrizos, disse que o Quick Charge 5 não representará uma perda para a durabilidade das baterias. Isso só poderá ser conferido, entretanto, quando chegarem os primeiros smartphones equipados com a tecnologia.

O Quick Charge 5 é compatível com os processadores Snapdragon 865 e 865 Plus, e os primeiros aparelhos equipados com a tecnologia deverão ser anunciados ainda neste trimestre. A Apple, claro, ficará de fora — resta, portanto, torcer para que os engenheiros de Cupertino estejam atentos nas manchetes para oferecer algo parecido em breve.

via MacRumors

Publicidade
Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…