Apple é a gigante tecnológica que melhor paga engenheiros de software estrangeiros Que tal um salário de R$72 mil mensais?

Vista do Apple Park

Você tem especialidade na área de engenharia de software e sonha com uma vaga em algumas das gigantes tecnológicas dos Estados Unidos? Pois talvez Cupertino seja o melhor lugar para você.

Publicidade

Um levantamento recente da Dice mostrou que, entre as cinco empresas do “Big Tech” (Apple, Google, Microsoft, Amazon e Facebook), a Maçã é a que melhor paga engenheiros de software estrangeiros com vistos de trabalho H-1B: o salário médio para esse tipo de profissional fica em torno de US$168 mil por ano — ou cerca de R$72 mil mensais, no astronômico câmbio atual.

O Facebook fica logo atrás da Apple, com salário médio de US$167 mil por ano, enquanto as três demais já caem para um patamar abaixo, com valores em torno dos US$145 mil anuais.

Ainda assim, os salários médios para estrangeiros subiram significativamente em relação ao ano passado: na média de 2019, a Apple pagava cerca de US$120 mil anuais aos engenheiros de software estrangeiros — abaixo do Google e da Microsoft, inclusive.

Publicidade

Os valores levantados estão mais ou menos no mesmo nível dos salários pagos para engenheiros de software dos EUA — a Apple, por exemplo, paga uma média de US$167.770 para os profissionais de nacionalidade estadunidense. A categoria tem uma média salarial bem maior que o da indústria tecnológica em geral, que ficou em US$94 mil anuais em 2020.

Resta saber, agora, como ficará este cenário com a suspensão da emissão de vistos H-1B por Donald Trump — teoricamente, a medida só valerá até o fim deste ano, mas poderá ser estendida caso o presidente seja reeleito ou a pandemia do novo Coronavírus (COVID-19) perdure.

Lembrando que a Apple e outras gigantes de tecnologia têm contratado cada vez mais estudantes estrangeiros com visto H-1B.

Publicidade
Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…