Telegram abre reclamação antitruste contra a Apple na União Europeia

Após o CEO1 do Telegram, Pavel Durov, fornecer sete razões para consumidores se preocuparem com as políticas da App Store, a empresa do mensageiro russo partiu para o próximo nível e abriu, oficialmente, uma reclamação contra a Apple na União Europeia, de acordo com uma reportagem do Financial Times2.

Publicidade

A reclamação do Telegram aborda o fato de eles terem sido impedidos de lançar, em 2016, uma plataforma de jogos na App Store por isso representar uma “violação das regras da Apple”. O Telegram posteriormente desmantelou o empreendimento para evitar “ser excluído da ‌App Store‌” e afirmou que era “um exemplo da capacidade da Apple de conter a inovação graças ao seu “poder monopolístico no mercado de aplicativos”.

Sendo assim, os criadores do Telegram argumentam que a Apple “deve dar aos usuários do iOS a oportunidade de baixar apps fora da App Store”.

O Telegram é a terceira empresa, depois do Spotify e do Kaspersky Lab, a reclamar formalmente com a Comissão Europeia — a qual já está conduzindo duas investigações sobre a ‌App Store‌ e uma relacionada com o Apple Pay.

Publicidade

Vale lembrar, ainda, que essa reclamação não está vinculada à investigação antitruste em andamento nos Estados Unidos — na qual o CEO da Maçã, Tim Cook, foi ouvido ainda ontem.

Ainda assim, esse é um ótimo timing para o Telegram…

via Cult of Mac

Publicidade
Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…