Valor de mercado da Apple sobe quase R$1 trilhão de ontem para hoje Empresa também voltou a ser a mais valiosa do mundo

Ainda ontem, logo após a divulgação do resultados financeiros da Apple referentes ao terceiro trimestre fiscal de 2020, o mercado financeiro já havia indicado que o dia hoje seria de alta nas ações da Apple — já que no pós-fechamento dos pregões da NASDAQ, ontem, a $AAPL subiu mais de 6%. E hoje tudo se confirmou.

Publicidade

As ações dispararam hoje incríveis 10,47% e, com isso, o valor de cada papel ultrapassou a marca de US$400 pela primeira vez, fechando o dia em recorde, valendo US$425,04 — a máxima durante as negociações foi de US$425,66, também recorde.

Por conta dessa subida incrível, a empresa se valorizou em quase R$1 trilhão em apenas um dia (US$174,6 bilhões que, usando o câmbio de hoje, dão R$910,6 bilhões). Com isso, o valor de mercado da Maçã disparou para US$1,842 trilhão, deixando-a bem próxima de ser a primeira empresa a atingir um market cap de US$2 trilhões — lembrando que ela foi a primeira a quebrar a barreira de US$1 trilhão.

A Amazon, segunda colocada nesse ranking, fechou o dia hoje e alta de 3,7%, valendo US$1,578 trilhão; a Microsoft (terceira colocada) subiu 0,54% e ficou em US$1,552 trilhão. Já a Alphabet/Google — que ontem pela primeira vez apresentou resultados “ruins” no comparativo ano a ano — fechou o dia em queda de 3,17% e está valendo agora US$1,015 trilhão.

Publicidade

Saindo da NASDAQ e analisando o cenário mundial, a subida de hoje fez a Apple superar inclusive a Saudi Aramco, petrolífera que havia se tornado a empresa mais valiosa do mundo ao abrir capital na bolsa da Arábia Saudita, como informou a Reuters — a empresa hoje vale US$1,759 trilhão (6.600.880,00 riais).

Quem deve estar satisfeito com essa valorização — além de Tim Cook e companhia, obviamente — é Warren Buffett.

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…