Detecção de queda do Apple Watch poderá enviar dados de saúde para serviços de emergência

Detecção de Queda do Apple Watch Series 4

A Apple apresentou, com o Watch Series 4, novos recursos de saúde que já ganharam o título honorário de “salva-vidas”. Entre eles está a ferramenta detecção de queda, cuja função é realizar uma ligação de emergência caso o Apple Watch detecte uma queda da qual o usuário não se levanta/movimenta.

Publicidade

O recurso, entretanto, poderá se tornar ainda mais sofisticado no futuro, podendo ser capaz de enviar dados de saúde para serviços de emergência, a fim de que eles possam ter uma noção do estado de saúde da vítima antes da chegada da ambulância — pelo menos é isso que uma sequência de patentes garantidas à Apple preveem, como divulgado pelo Patently Apple.

Patente sobre Detecção de queda

Muitos dos aspectos da patente referem-se a tecnologias como sensores e compilação/transmissão de dados. Contudo, na prática, a Apple considera que o uso de informações pessoais pode ser explorado em benefício dos responsáveis por esses dados.

Informações como sinais vitais e condições de saúde preexistentes, por exemplo, podem ser usados para ajudar atendentes e técnicos de serviços de emergência a identificar quando uma pessoa precisa de atenção médica e de qual especialidade. Isso tudo pode tornar o atendimento ainda mais rápido e eficaz para salvar vidas. Outros dados de saúde citadas nos documentos incluem: funções cardíacas (ECG), composição de água, taxa de gordura corporal, resistência galvânica da pele (MRGP), entre outros.

O Apple Watch ainda não possui sensores que permitem registrar todos esses dados, mas certamente a Maçã expandirá as tecnologias do relógio para analisar ainda mais condições de saúde. Por outro lado, muitos desses dados podem estar disponíveis no aplicativo Saúde (Health), uma vez que outros dispositivos também enviam informações para a plataforma.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…