Apple Watches com displays de microLED poderão chegar só em 2023-24

Apple Watch no pulso de uma mulher

A saga da adoção de displays de microLED nos dispositivos da Apple continua. Embora desde 2018 especula-se que a companhia estaria desenvolvendo a tecnologia, tudo indica que os primeiros gadgets com a novidade não serão lançados em breve, mesmo.

Publicidade

O Apple Watch é um exemplo disso. Há quase um ano, foi levantada a possibilidade de a geração deste ano do relógio ganhar displays de microLED. Em junho passado, porém, um leaker disse que as coisas não deverão ser bem assim, e que o “Apple Watch Series 6” continuaria usando telas de OLED1, como os modelos atuais.

Agora, fontes do portal taiwanês DigiTimes sugerem que o Watch deste ano realmente não terá displays de microLED, mas que o gadget será o primeiro a contar com a novidade no futuro — mais precisamente, daqui a três ou quatro anos. Isso é o que o presidente da Epistar, maior produtora de LED2 de Taiwan, sugeriu:

Smartwatches serão os primeiros dispositivos importantes com microLED, com a adoção em grande volume provavelmente ocorrendo dentro de 3-4 anos.

A Epistar superou muitas dificuldades tecnológicas com o microLED, como transferência de massa, e espera atingir capacidade de produção confiável em 2-3 anos e apresentar o uso para o mercado em 3-4 anos.

Devido às dificuldades envolvidas no desenvolvimento da tecnologia microLED, como supracitado pelo executivo da Epistar, os produtos da Apple deverão contar, inicialmente, com displays de Mini-LED — que, grosso modo, estão entre o LED tradicional e o microLED.

Publicidade

Além disso, o analista Ming-Chi Kuo disse que a pandemia do novo Coronavírus (COVID-19) também afetou o desenvolvimento dessa tecnologia, sendo que os primeiros produtos de Mini-LED deverão chegar a partir do ano que vem.

Existem várias vantagens das telas microLED em relação às de LCD3 e OLED, incluindo o fato de as primeiras serem mais finas e mais eficientes em termos de energia. Além disso, o microLED pode suportar brilho e taxa de atualização mais altos, bem como uma maior gama de cores.

via MacRumors

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…