Vendas de iPhones bateram recorde nos EUA no 2º trimestre

Novos dados da empresa de pesquisa Canalys mostram que as vendas de iPhones atingiram um novo recorde nos Estados Unidos durante o segundo trimestre de 2020 — diferentemente do mercado de smartphones, que tem enfrentado maus bocados devido à pandemia do novo Coronavírus (COVID-19).

Publicidade

De acordo com a firma, as remessas de smartphones aumentaram 10% em relação ao mesmo período do ano passado, alcançando 15 milhões de unidades no último trimestre — ante 13,6 milhões em 2019. Isso colocou a Apple bem à frente da Samsung, segunda colocada no ranking.

Canalys: venda de smartphones no Q2

A Apple e a Samsung foram responsáveis por sete em cada dez aparelhos vendidos nos EUA; além disso, o iPhone 11 superou o recorde de vendas registrado pelo XR no ano passado, em 15%. Com isso, a Apple aumentou sua participação no mercado para 47,1%.

Como dissemos, enquanto a Maçã obteve um sucesso recorde no segundo trimestre, a indústria de smartphones como um todo vem enfrentando um momento difícil — em parte por causa dos efeitos da COVID-19, mas também por uma resposta abaixo do esperado em torno da adoção do 5G.

Publicidade

Segundo analista Vincent Thielke, a pandemia e a permanência dos consumidores em casa restringiram qualquer entusiasmo pela nova tecnologia.

Como a pandemia do novo Coronavírus forçou consumidores a ficarem em casa, a adoção do 5G nos EUA não decolou. O fechamento de lojas e o medo do vírus limitaram a interação com modelos de demonstração, os orçamentos apertados dos consumidores restringiram ainda mais o poder de compra e com cobertura de rede 5G escassa nos subúrbios americanos, consumidores viram muitas razões para comprar um dispositivo 4G. Apesar da implementação baixa do 5G até agora, o forte marketing das operadoras nos próximos trimestres será fundamental para catalisar a transição do LTE para o 5G.

Como vem sendo especulado há bastante tempo, a Apple pretende lançar uma nova linha de iPhones neste ano com 5G. No entanto, apenas o tempo revelará se a Maçã conseguirá despertar o (inerte) interesse dos consumidores pela nova tecnologia. Será?


iPhone 11 Pro e 11 Pro Max

Botão - Comprar agora

iPhone 11 Pro e 11 Pro Max

de Apple

Preço à vista: a partir de R$6.299,10
Preço parcelado: em até 12x de R$583,25
Cores: cinza-espacial, prateada, verde meia-noite e dourada
Capacidades: 64GB, 256GB ou 512GB
Lançamento: setembro de 2019


iPhone 11

Botão - Comprar agora

iPhone 11

de Apple

Preço à vista: a partir de R$4.499,10
Preço parcelado: em até 12x de R$416,58
Cores: branca, preta, verde, amarela, roxo e (PRODUCT)RED
Capacidades: 64GB, 128GB ou 256GB
Lançamento: setembro de 2019

via CNET

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…