Deputado americano confirma comportamento “perturbador” da Apple em audiência antitruste

Deputado americano David Cicilline

O deputado americano David Cicilline, presidente do comitê antitruste da Câmara dos Estados Unidos, contou para a Bloomberg1 que a recente audiência antitruste envolvendo os CEOs2 da Apple, da Amazon, do Facebook e do Google “confirmou as suspeitas de que todas as quatro empresas participam de comportamentos anticompetitivos”.

Publicidade

De acordo com Cicilline, a investigação em andamento envolvendo as práticas comerciais das maiores empresas de tecnologia americanas “resultará em mudanças nas leis antitruste existentes”.

Todas essas empresas adotam um comportamento profundamente perturbador e exigem que o Congresso tome medidas. O tipo de tema comum é o abuso de seu poder para manter seu domínio de mercado, para esmagar concorrentes, para excluir pessoas de sua plataforma e para ganhar monopólio.

Cicilline disse que a Câmara está preparada para emitir recomendações já no próximo mês, e que o Congresso deve agir urgentemente para proteger os consumidores.

De acordo com a Bloomberg, Cicilline mencionou a possibilidade de implantar a Lei Glass-Steagall no setor da tecnologia, o que impediria as empresas de comandar uma plataforma (como a App Store) e competir nela ao mesmo tempo.

É uma grande ideia. Seria uma maneira de tentar separar o que é um relacionamento repleto de conflitos, o qual eu acho que está promovendo um tremendo domínio do mercado e comportamento intimidador por parte da Amazon, por exemplo.

Por fim, o democrata disse que o relatório do comitê antitruste se concentrará em quatro áreas, incluindo mudanças nas leis antitruste existentes (que datam há mais de um século), aprovar reformas que lidam especificamente com o setor de tecnologia, fortalecer o litígio antitruste privado e aprimorar as divisões antitruste do Departamento de Justiça e da FTC3.

Vale notar que a investigação antitruste nos EUA começou há mais de um ano e foi responsável por vários desdobramentos na Europa e, mais recentemente, também na Coreia do Sul.

via AppleInsider

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…