Apple rejeita app não-oficial da Tesla para watchOS A regra é clara — porém aplicada inconsistentemente

Watch app for Tesla

A Tesla tem um aplicativo oficial bem completo para iOS pelo qual você pode controlar basicamente qualquer aspecto do veículo (inclusive fazê-lo sair sozinho de uma vaga de garagem, em certos modelos). A montadora, entretanto, nunca se preocupou em oferecer um app para Apple Watch.

Publicidade

Para tudo há uma solução, entretanto: o Watch app for Tesla, do desenvolvedor Kim Hansen, traz algumas funções (checar bateria, trancar/destrancar o veículo, abrir porta do carregador, abrir porta-malas, etc.) para que os donos dos veículos possam controlar o carro do próprio pulso. O problema é que o aplicativo usa uma API não-oficial — e a Apple está encrencando com o software por conta disso.


Ícone do app Watch app for Tesla

Watch app for Tesla

de Kim Hansen

Compatível com iPhonesCompatível com Apple Watches
Versão 1.0.7 (12.4 MB)
Requer o iOS 13.0 ou superior

R$ 24,90

Badge - Baixar na App Store

Código QR Código QR

De acordo com o 9to5Mac, o aplicativo teve suas primeiras versões liberadas normalmente pela Apple desde maio último. Foi só ao enviar para aprovação a versão 1.0.6 do app, no início desta semana, que Hansen viu as portas se fecharem: a Maçã afirmou que não poderia aceitar o aplicativo sem uma autorização escrita da Tesla, pois o desenvolvedor estava usando uma API1 não-oficial, além de marcas e propriedades intelectuais, da montadora.

Mais especificamente, a Apple citou as regras 5.2.1 e 5.2.2 das diretrizes da App Store, as quais impedem que aplicativos usem “material de terceiros, como marcas registradas, trabalhos com copyright ou ideias patenteadas” sem permissão, além de proibir que apps utilizem conteúdo de um serviço de terceiros sem a autorização expressa desse serviço. Nada disso explica, entretanto, o porquê de as cinco primeiras versões do app terem sido aceitas.

Publicidade

De qualquer forma, a regra é clara: o aplicativo de fato viola essas duas regras, então a rejeição do update é justificada. O que Hansen questionou ao 9to5Mac é a inconsistência da Apple: vários outros aplicativos de terceiros utilizam marcas de empresas grandes/consolidadas — inclusive a própria Tesla — para oferecer serviços na loja.

Se as regras forem de fato reforçadas pela Maçã, “isso vai causar o fim de todos os aplicativos de terceiros na App Store, inclusive aqueles que somente referenciam o nome da Tesla”, afirmou o desenvolvedor. Vale notar que a fabricante de automóveis elétricos não oferece uma API oficial para que desenvolvedores criem aplicativos e serviços conectados aos seus veículos, então resta à comunidade criar essas soluções não-oficiais para que os apps funcionem.

Por ora, então, o Watch app for Tesla continua disponível na App Store, mas sem novas atualizações — e, caso Hansen não consiga uma autorização de Elon Musk, o aplicativo poderá ser removido em breve.

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…