Japan Display deverá vender fábrica de LCDs à Sharp para pagar dívidas com a Apple

Japan Display

Quem acompanhou por aqui a saga da Japan Display sabe que a fabricante, fornecedora de telas LCD para a Apple já há muitos anos, está em maus lençóis. Tentando mantê-la viva, a Maçã fez investimentos sucessivos na empresa — incluindo o maior deles, em 2015, destinado à construção de uma nova fábrica.

Publicidade

Aparentemente, entretanto, as coisas continuam não dando certo para a Japan Display (ou JDI, para os íntimos): de acordo com o Nikkei Asian Review, a empresa japonesa está nas fases finais de negociação para vender uma das suas principais fábricas de LCDs à Sharp, uma das suas maiores concorrentes — e subsidiária da Foxconn, maior fornecedora da Apple.

O negócio, que poderá render até ¥70 bilhões (aproximadamente US$662 milhões) à JDI, será concretizado justamente para pagar parte da sua dívida à Apple — afinal de contas, os investimentos da Maçã foram realizados para que a empresa continuasse operando e fornecendo telas para a gigante de Cupertino, algo que não tem acontecido. Estimativas de março passado indicavam que a Japan Display devia cerca de US$800 milhões à Apple.

A fábrica em questão fica localizada na prefeitura de Ishikawa, no Japão, e está desativada desde março último. A JDI já planejava fazer a venda da instalação desde o início do ano, mas as negociações foram interrompidas por conta da pandemia do novo Coronavírus (COVID-19); agora, elas foram retomadas e deverão ser finalizadas em breve.

Publicidade

A Sharp, por sua vez, deverá usar a fábrica para continuar produzindo LCDs para iPhones. Não sabemos se a empresa virará a chave para começar a produzir também telas OLED — essa transição, vale lembrar, foi a responsável pela derrocada da JDI, que não conseguiu desenvolver uma tecnologia economicamente viável para produzir esse tipo de painel.

Vamos acompanhar, portanto, os próximos capítulos dessa história.

via AppleInsider

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…