Rumor: “iPhones 12” poderão ser mais caros, mesmo sem acessórios É para fingir surpresa?

Uma nova publicação da empresa de pesquisa TrendForce corrobora os rumores de que os “iPhones 12” não virão com acessórios como os EarPods e o carregador de parede na caixa. Mais do que isso, a firma também fez suas apostas quanto aos preços da próxima geração — os quais, devemos dizer, não são nem um pouco animadores.

Publicidade

De acordo com a firma, o novo modelo de entrada (o “iPhone 12”, com 5,4 polegadas e duas câmeras traseiras) poderá custar a partir de US$700, mesmo valor cobrado atualmente pelo iPhone 11 de 64GB; já a versão topo-de-linha (o “iPhone 12 Pro Max”, com 6,7 polegadas, três câmeras traseiras e scanner LiDAR) poderá partir de US$1.200 — isso pela versão de 128GB (a tabela deles indica 64GB, mas provavelmente é só um erro visto que o “iPhone 12 Pro” também começaria em 128GB).

Preços dos "iPhones 12" pela TrendForce

No cenário mais otimista traçado pela TrendForce, os quatro novos modelos começariam custando, respetivamente, US$700, US$800, US$1.050 e US$1.150.

Se considerarmos um imposto local de 7%, com o dólar do cartão de crédito a R$5,65 e IOF de 6,38%, mesmo em uma viagem aos Estados Unidos brasileiros pagariam, portanto, algo em torno de R$4.200, R$4.800, R$6.300 e R$6.900 por eles — mas sabemos que os preços oficiais no Brasil deverão ser bem superiores a esses, com o “iPhone 12 Pro Max” possivelmente batendo a marca dos R$10.000.

Publicidade

Se as previsões da TrendForce estiverem corretas, esses preços representarão um aumento em relação aos valores da linha iPhone 11 — o que não seria surpreendente, afinal já comentamos rumores acerca de um possível aumento no valor dos novos aparelhos devido ao uso de componentes mais caros, principalmente quanto à implantação da tecnologia 5G.

Ademais, o quadro da firma aponta que o lançamento de todos os modelos dos próximos iPhones ocorrerá em outubro; embora essa seja a expectativa de todos nós, não é muito bem isso que poderá acontecer. Como também informamos, pode ser que os modelos de entrada (“iPhone 12” e “iPhone 12 Max”) sejam lançados mesmo em outubro, enquanto os modelos premium (“iPhone 12 Pro” e “iPhones 12 Pro Max”) chegariam somente em novembro.

Uma coisa importante a se ter em mente é que a Apple costuma ser muito boa em manter as informações sobre preços em segredo até que os iPhones sejam oficialmente lançados. Na maioria das vezes essas apostas feitas por analistas, mesmo que baseadas em dados confiáveis, acabam errando ou sendo só parcialmente corretas.

Publicidade

Quais são as vossas apostas?

via 9to5Mac

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…