Review de leitor: app do Amazon Prime Video para Apple TV

Autor convidado

Filipe Lima

Administrador de empresas, formado na Pontifícia Universidade Católica do RS (PUCRS), amante de tecnologia e fanboy da Apple. Na sua opinião, OLED com Apple TV 4K é o casamento perfeito! Acredita que o streaming é o futuro da TV, e ainda há muito a evoluir nessa área.

O Prime Video é o serviço de streaming de vídeo da Amazon, focado em séries e filmes. O aplicativo vem liderando a lista dos mais baixados na App Store do tvOS no Brasil há algum tempo, superando outros de peso como Netflix e YouTube.

Publicidade

Quer entender por que o app é tão popular hoje? Confira neste review!

·   •   ·

Para poder usar o app na sua Apple TV, é preciso ativar o seu dispositivo pela página primevideo.com/mytv. Assim que você abre o aplicativo pela primeira vez, basta ir em “Login” para que ele gere um código de ativação.

Publicidade

Como na maioria dos casos, o app separa o seu conteúdo por categorias na página inicial, e o usuário pode ir descendo o cursor para ver mais e mais categorias. Há também uma aba só para séries, outra só para filmes e ainda uma com conteúdo infantil. Aliás, o serviço oferece a opção de restringir conteúdos por faixa etária, mas essa configuração precisa ser feita por um navegador da web.

Amazon Prime Video

A interface do aplicativo é muito simples. Simples até demais. Vindo de uma empresa do tamanho da Amazon, você poderia esperar um app com um design mais bem trabalhado, algo como uma Netflix ou um Apple TV+. Mas esse não é o caso aqui.

O app se apresenta com um fundo monocromático e um layout extremamente simples — porém eficiente. Dificilmente alguém terá dificuldades para navegar e escolher um conteúdo. Mas, se preferir, nem é preciso navegar pelo app para escolher o que assistir, já que ele oferece suporte ao app TV.

Publicidade

Eu inclusive sugiro que você uso o app TV mesmo, pois ele corrige um dos grandes problemas do Prime Video que é não possuir uma seção de “assistidos recentemente”, ou “continuar de onde parou”. Ele até marca o progresso em cada título/episódio, mas você precisa lembrar o que estava assistindo caso queira continuar outro dia — esse é um problema ainda maior quando você está acompanhando várias séries ao mesmo tempo. Outra solução seria adicionar à “Minha Lista”, logo de cara, cada título que você for assistir.

Recentemente, a Amazon também adicionou o recurso de múltiplos usuários ao serviço, e você pode criar um novo usuário para outra pessoa direto pela Apple TV se quiser (ou para você, caso não seja o titular da conta). Esse recurso, no entanto, demorou para ficar disponível no tvOS.  Ele já estava presente há um bom tempo no iOS, e até mesmo para alguns sistemas de Smart TVs, como Tizen (da Samsung) e webOS (da LG) — o que me leva a crer que o tvOS está longe de ser uma prioridade para a empresa.

Conteúdo

O conteúdo do serviço é bastante variado, com diversas produções de sucesso. Entre os filmes, você encontra “Frozen 2”, “Vingadores: Ultimato”, “Bastardos Inglórios”, “O Rei Leão (2019)”, “Psicopata Americano”, “Clube da Luta”, “Os Oito Odiados” e todos os nove(!) episódios da saga “Star Wars”.

Séries de sucesso incluem “The Walking Dead”, “How I Met Your Mother”, “Seinfield”, “Mad Men”, “The Office”, “Modern Family”, “Two and a Half Men” e o aclamado “Mr. Robot”. Há também conteúdos infantis, animes e até tokusatsus, como os clássicos “Jaspion” e “Jiraya”.

Publicidade

Vale lembrar que alguns desses títulos estão disponíveis graças a uma parceria firmada, no ano passado, entre Disney e Amazon. Porém, esse acordo está previsto para ser encerrado em outubro deste ano. Coincidentemente — ou não —, o serviço de streaming de vídeos da Disney chegará ao Brasil em novembro.

Amazon Prime Video

O grande destaque, no entanto, fica para os Amazon Originals: são as séries e os filmes originais produzidos em parceria com a empresa. Não só esse conteúdo é exclusivo para assinantes do serviço, como eles também possuem uma qualidade de imagem bastante superior aos demais. Os destaques ficam para “Tom Clancy’s Jack Ryan”, “The Boys” (que eu particularmente recomendo muito), “The Man in the High Castle”, “Fleabag” e o documentário “One Child Nation”.

A Amazon também divulga no próprio aplicativo que você pode, também, alugar filmes para assistir — porém esse serviço não está disponível no Brasil.

Qualidade de streaming

Amazon Prime Video

O serviço é um dos poucos disponíveis no Brasil com suporte à resolução 4K e HDR1 (apenas HDR10, nada de Dolby Vision), apresentando uma excelente qualidade de imagem. Esse suporte, no entanto, está restrito apenas aos títulos que fazem parte do Amazon Originals — pelo menos até o momento. Ainda assim, mesmo o conteúdo que não é em 4K costuma apresentar uma ótima qualidade de imagem para streaming.

A qualidade de som também não decepciona: Dolby Digital 5.1 estava disponível em praticamente todos os filmes e séries que testei, e alguns títulos têm suporte a Dolby Atmos. Aliás, o aplicativo já indica em cada título quando há suporte a HDR e áudio 5.1, o que é um ponto muito positivo. Algumas vezes, entretanto, a indicação está errada, como no caso de alguns filmes que mostram ter suporte a HDR mas que rodam em SDR2.

Durante a reprodução, o aplicativo também oferece um recurso bastante interessante: o X-Ray. Ele mostra informações sobre os atores que estão aparecendo exatamente naquela cena — algumas vezes até sobre a música —, além de extras como seleção de cenas, elenco e conteúdos bônus (quando disponível). Para ativá-lo, toque na superfície touch do Apple TV Remote para mostrar a barra de progresso e, em seguida, deslize para cima. Quando quiser prosseguir com o video, basta apertar o botão play/pause.

Amazon Prime Video

Infelizmente nem tudo é perfeito, e alguns bugs não são difíceis de aparecer durante a reprodução — principalmente com relação às legendas. Um problema bem chato é que algumas vezes as legendas ficam fora de sincronia com o vídeo; outras vezes, elas simplesmente desaparecem e não voltam mesmo quando você seleciona-as de novo.

Encerrar o aplicativo não resolve o problema. É preciso desligar/ligar a própria Apple TV para que as coisas voltem ao normal! Outra situação relativamente comum é que o HDR pode simplesmente parar de funcionar entre uma atualização e outra — é preciso esperar a Amazon corrigir o problema em uma futura atualização.

Vale a pena?

O Prime Video está disponível para cliente Amazon Prime, que custa R$9,90 por mês ou R$89,90 por ano — com os primeiros 30 dias grátis. O valor é baixíssimo se comparado aos concorrentes e ainda oferece outros benefícios como Amazon Music e Twitch Prime Prime Gaming, além de frete grátis no site da Amazon (para produtos Prime).

Apesar de ser um serviço pago, o aplicativo contém propagandas que geralmente rodam antes de começar um filme ou um episódio de uma série. Ainda assim, com o baixíssimo custo e suporte a 4K/HDR, o Prime Video é um dos serviços quase que essenciais para donos da Apple TV, mas ainda considero o aplicativo muito abaixo do tamanho do que é a Amazon.


Ícone do app Amazon Prime Video

Amazon Prime Video

de AMZN Mobile LLC

Compatível com iPadsCompatível com iPhonesCompatível com Apple TV
Versão 8.17.1 (133.7 MB)
Requer o iOS 12.1 ou superior
Screenshot do app Amazon Prime VideoScreenshot do app Amazon Prime VideoScreenshot do app Amazon Prime Video

Ficha Técnica

  • Aplicativo: Amazon Prime Video
  • Conteúdo: filmes e séries
  • Resolução máxima: 4K HDR
  • Múltiplos usuários? Sim
  • Oferece suporte ao app TV? Sim
  • Seleção de conteúdo via Top Shelf? Não
  • Preço: R$9,90 por mês; R$89,90 por ano

Apple TV 4K

Apple TV 4K

de Apple

Preço à vista: a partir de R$2.069,10
Preço parcelado: em até 12x de R$191,58
Lançamento: setembro de 2017 (5ª geração)

Botão - Comprar agora

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…