Mark Zuckerberg diz que Apple “merece o escrutínio” envolvendo a App Store

O fato de a Apple estar sob os holofotes de diversos órgãos reguladores ao redor do mundo serve, é claro, de combustível para algumas de suas concorrentes no meio tecnológico — e a mídia também não perde a oportunidade de colocar ainda mais lenha na fogueira.

Publicidade

Em uma nova entrevista ao Axios (veiculada na HBO), o CEO1 do Facebook, Mark Zuckerberg, foi questionado sobre o suposto monopólio da Apple com a App Store — e a resposta do executivo, embora divergente, mostrou mais uma vez a sua insatisfação com as ações da gigante de Cupertino.

Nesse sentido, Zuckerberg disse que acredita que a Apple tem “controle unilateral do que chega aos telefones, em termos de aplicativos”. Ele, então, usou como exemplo o Google, que também possui leis e diretrizes para a distribuição de apps em sua loja, mas não faz da plataforma o único meio para que softwares cheguem aos dispositivos Android.

Então, eu realmente acho que há questões que as pessoas deveriam estar analisando sobre o controle da App Store e se isso está possibilitando uma dinâmica competitiva robusta.

Quando questionado sobre quem deveria “estar analisando o controle da App Store” (ou seja, se os órgãos reguladores deveriam avaliar isso, como estão fazendo), Zuckerberg disse que ele talvez não seja a melhor pessoa para responder, mas que tais questões devem ser debatidas e que a Apple “merece o escrutínio que está recebendo” por isso.

Acho que alguns dos comportamentos certamente levantam questões. E acho que é algo que merece um exame minucioso.

Há algumas semanas, o executivo havia dado outra alfinetada na gigante de Cupertino ao dizer que, por meio da App Store, a Apple “inibe a inovação e a concorrência”. Vale notar que o Facebook já teve sua própria cota de desentendimentos com a Maçã devido às políticas da App Store.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…