Apple Watch Series 6 hero

Como sabemos, relógios atualmente fazem muito mais do que simplesmente mostrar as horas. O Apple Watch, por exemplo, pode ser usado para ver a previsão do tempo, seus compromissos, monitorar seus exercícios, ver se o seu coração está em dia, controlar garagens e portas, ouvir música e muito mais.

Publicidade

Hoje, a Apple ampliou um pouco mais essa lista com o lançamento do Apple Watch Series 6 e do Apple Watch SE.

Apple Watch Series 6

Segundo a empresa, o relógio é a combinação perfeita de tecnologia e desempenho. Um das grandes novidades do Series 6 é, como esperado, o monitoramento da oxigenação no sangue. A medição é feita por um novo app em apenas 15 segundos — e o ideal é que ele esteja acima de 95%. Mesmo sem que você utilize ativamente o app, ele faz medições periódicas automáticas e vai fazendo registros de tudo no app Saúde.

GIF com animação do oxímetro do Apple Watch Series 6

O Apple Watch Series 6 vem equipado com o chip S6, que conta com um processador dual-core baseado no A13 Bionic, só que completamente otimizado para o Apple Watch. Ele é até 60% mais rápido do que o Series 5, que já é bem rápido.

O novo chip também é muito focado em eficiência energética, o que acaba aprimorando a tela sempre ativa (que agora é 2x mais brilhante). O altímetro foi aprimorado no Series 6, com dados em tempo real. A Apple criou muito novos mostradores para o relógio e abriu muitas opções para desenvolvedores personalizarem alguns desses mostradores com focos específicos.

Publicidade

Outra grande novidade são as novas cores: há agora uma opção azul e uma vermelha — além de novas pulseiras, incluindo uma totalmente fechada chamada Solo Loop (ela é simples e contínua, feita de silicone e esticável), novas criadas em parceria com a Hermès e atualizações para as pulseiras da Nike.

Os preços do Apple Watch Series 6 começam em US$400 (nos Estados Unidos) pela versão alumínio de GPS, e ele estará disponível para compra hoje, chegando às lojas na próxima sexta-feira (18/9).

Configuração Familiar

No quesito software, a Apple lançou também uma nova Configuração Familiar (Family Setup), para que pais configurem Apple Watches de crianças ou inclusive de outros membros da família que não tenham um iPhone.

Configuração Familiar no Apple Watch

O dispositivo pode ser gerenciado pelos pais (contatos, notificação de localização, acompanhamento de movimentos/exercícios, etc.). Crianças também podem criar Memojis pelo Apple Watch, controlar o tempo de estudo e mais.

Buscar no Apple Watch SE e no iPhone 11

Essa configuração requer um Apple Watch com conectividade celular e será oferecido por operadoras em alguns países específicos, se expandindo posteriormente (por enquanto, Brasil e Portugal estão de fora).

Apple Watch SE

Além do Series 6, a Apple lançou também o SE. Ele tem o mesmo visual do irmão mais parrudo, porém bem equipado com um chip S5 (bem mais poderoso do que o chip do Series 3). Há versões GPS e com conectividade celular.

Apple Watches SE coloridos

O relógio conta com os mesmos sensores de movimento, para cobrir recursos como detecção de queda e monitoramento de exercícios. Ele, contudo, não conta com tela sempre ativa, ECG e nem oxímetro.

As vendas do Apple Watch SE começarão hoje, chegando às lojas na próxima sexta-feira (18/9), a partir de US$280 nos EUA. Vale notar que o Apple Watch Series 3 continuará à venda, partindo de US$200.

Apple Fitness+

Além dos novos relógios, a Apple também lançou um novo serviço completamente focado em exercícios, o Fitness+. O serviço é totalmente integrado ao Apple Watch, mas pode ser usado em qualquer dispositivo Apple com tela (iPhone, iPad, Mac ou Apple TV).

Apple Fitness+ em iPhone 11 e Apple Watch Series 6

O Fitness+ se integra completamente ao Apple Music (você pode escolher o estilo musical que mais lhe agrada) e as métricas mostradas na tela do Apple Watch podem ser colocadas numa tela maior, na qual você está realizando o exercício. Ao escolher o exercício na tela, ele inicia automaticamente no seu Apple Watch e, quando o instrutor fala para você verificar os batimentos cardíacos, por exemplo, os números ficam maiores no display.

Os anéis de atividade do Apple Watch também aparecem diretamente na tela e, ao fim do exercício, você tem um resumo de tudo (calorias, distância, ritmo, etc.). Muitos dos exercícios não precisam de equipamentos, de forma que você pode fazê-los na sua casa ou numa viagem a trabalho — segundo a Apple, novos conteúdos serão adicionados semanalmente no serviço.

Apple Fitness+ em telas

Há um programa específico para iniciantes, focado em pessoas que estão paradas há muito tempo; aos poucos, o Fitness+ também entende os seus gostos e vai fazendo recomendações de exercícios.

Os treinos vão de 5 minutos a 1 hora e, segundo a Apple, ele é bem focado em privacidade, garantindo a segurança de dados dos usuários. Nos EUA, ele custará US$10 por mês ou US$80 por ano e fica disponível para todos os membros da família. Quem comprar um novo Apple Watch ganhará três meses de graça do serviço.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…