Apple Watch Series 6, SE, Series 5, Series 3… confira todas as semelhanças e diferenças É fácil se confundir com tantos números

Como esperado, a Apple atualizou hoje sua linha de relógios inteligentes com dois novos modelos: o Apple Watch Series 6 e o Apple Watch SE. Completando a família, o (já idoso) Apple Watch Series 3 ocupa a posição de modelo de entrada, enquanto o Series 5 foi descontinuado.

Publicidade

A salada de frutas de modelos e números é considerável, e é por isso que estamos aqui: para compararmos todos os modelos, o que muda entre eles, o que permanece igual e o que você levará para casa na faixa de preço de cada um. Vamos lá, então?

Series 6 vs. Series 5

Para início de conversa, comparemos o novo topo-de-linha da família com o seu antecessor, descontinuado hoje. As principais novidades do Apple Watch Series 6 já foram bastante destacadas pela Maçã, mas não custa relembrá-las — a começar pelo monitor dos níveis de oxigenação no sangue, recurso exclusivo (e principal chamariz) da nova geração.

Apple Watch Series 6

O processador do Series 6 também é melhor: trata-se do Apple S6, com performance 60% superior em relação ao S5 do modelo anterior. A tela ainda é sempre ativa (always-on), mas agora ela é até 2,5x mais brilhante em relação ao Series 5. Além disso, o novo relógio tem o chip de banda ultralarga U1, já presente nos iPhones 11, para experiências como as chaves de carro e a futura “AirTag”.

O novo modelo conta ainda com um altímetro sempre ativo, que registra sua altura (em relação ao nível do mar) em tempo real e liga esses dados aos seus registros de atividade. Os dois modelos contam com ECG e os notificações de frequência cardíaca alta ou baixa, além de ritmo cardíaco irregular e o recurso de detecção de queda. Com a chegada do watchOS 7, ambos os modelos contarão com o recurso de monitoramento de sono.

Em termos energéticos, não há informações sobre tamanho de bateria, mas o Series 6 tem recarga 20% mais rápida (de 0% a 100% em 1h30min) e gasta menos energia em tarefas específicas, como monitoramento de caminhadas e corridas.

Apple Watch Series 5 GPS + Cellular
Apple Watch Series 5

O Apple Watch Series 6 muda o catálogo de cores do relógio: as versões de alumínio agora podem ser adquiridas em cinza-espacial, prateado, dourado, azul ou na versão PRODUCT(RED). Os em aço inoxidável, por sua vez, têm versões prateada, dourada e grafite; o Apple Watch Edition vem em versões de titânio natural e preto-espacial, mas o modelo de cerâmica foi (novamente) descontinuado.

Vale notar, também, que quase todos os modelos do Series 6 não trazem adaptadores de tomada na caixa (apenas os modelos Edition e Hermès incluem o acessório) — falamos mais sobre isso nesse artigo.

Publicidade

Nos Estados Unidos, o Apple Watch Series 6 parte do mesmo preço do seu antecessor, US$400. No Brasil, infelizmente, a história não é a mesma — acompanhando a alta do dólar, o ele teve um reajuste nada apetitoso e agora sai por no mínimo R$5.400 (contra R$4.000 do modelo anterior).

SE vs. Series 3

Entrando em seu terceiro ano de disponibilidade, o Apple Watch Series 3 dispensa apresentações: ele tem processador S3 e a tela Retina menor dos primeiros modelos de relógios da Apple, sem recurso always-on. Não há, aqui, disponibilidade do ECG, da medição de oxigênio do sangue ou detecção de queda, mas temos notificações de frequência cardíaca alta ou baixa e ritmo cardíaco irregular.

Apple Watch Series 3
Apple Watch Series 3

Outros recursos que o Series 3 não tem incluem bússola e o altímetro sempre ativo. Ele é agora vendido apenas em versão GPS de alumínio, por valores que partem de US$200 — ou, no Brasil, R$2.600.

Já o Apple Watch SE, novo nas paradas, é uma espécie de mistura entre todos os outros modelos citados anteriormente. Ele tem o mesmo design dos seus irmãos mais caros, com tela Retina maior que se aproxima mais das bordas do dispositivo, mas também não é always-on.

Apple Watch SE

Ele também não conta com ECG ou medição dos níveis de oxigênio no sangue, mas tem detecção de queda, bússola, altímetro sempre ativo, notificações de frequência cardíaca alta e baixa e de ritmo cardíaco irregular. Assim como o Series 3, ele é oferecido apenas em modelos de alumínio, mas conta com versões GPS e com conectividade celular.

O SE tem o mesmo processador S5 do Apple Watch Series 5, o que indica que o relógio terá uma performance intermediária, entre o Series 6 e o Series 3. Ele partirá de US$280 (ou R$3.800 no Brasil), criando uma ponte entre os modelos mais baratos e caros da família.

·   •   ·

Com tudo posto na mesa, jogo a bola para vocês: qual o modelo mais vantajoso — se é que algum deles o é? Deixem suas opiniões logo abaixo.

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…