Facebook é processado por suposta espionagem no Instagram dedurada pelo iOS 14 A rede mantém que o episódio foi causado por um bug, apenas

Amelia Holowaty Krales/The Verge
Login no Instagram

O iOS 14 chegou para abalar as estruturas do mundo tecnológico, mesmo: além de modificar completamente a lógica do mercado de anúncios digitais, o novo sistema também dedurou um monte de apps que estavam capturando dados dos usuários silenciosamente — tanto pela área de transferência, com uma notificação que exibe todos os eventos de copiar/colar entre apps, quanto pela câmera/microfone, com os novos ícones que indicam quando esses elementos estão ativos.

Publicidade

Sobre esse último tema, falamos há alguns meses sobre um bug(?) no Instagram, em que o iOS indicava que a câmera do iPhone estava sendo usada pelo aplicativo mesmo em momentos em que ela não estivesse em uso — como ao rolar pelo feed ou checar os Stories dos seus amigos, por exemplo.

Indicador de acesso à câmera e ao microfone no iOS 14
Indicador de acesso à câmera e ao microfone no iOS 14

O Facebook, dono do Instagram, apressou-se em dizer que aquilo não passava de uma falha, explicando que o app acessava a câmera dos usuários apenas quando solicitado e não gravava nenhum conteúdo indesejado. Bom… parece que as justificativas não colaram muito, porque a gigante de Mark Zuckerberg acabou de levar um processo por conta do episódio.

Segundo a Bloomberg1, a ação, movida na Corte Federal de San Francisco, descreve as ações da empresa como “intencionais” e com o propósito de “coletar dados lucrativos e valiosos sobre seus usuários” — dados que podem ser usados para análises e pesquisas de mercado que, de outra forma, o Facebook não teria acesso, segundo os autos do processo.

O Facebook não comentou o caso, mas esse está longe de ser o primeiro processo relacionado a privacidade sofrido pela rede: a empresa já está envolvida em uma série de imbróglios judiciais em várias frentes, como a de coleta de dados para o Cambridge Analytica.

Publicidade

Ao menos nesse caso específico (o da suposta espionagem no Instagram para iOS), entretanto, as coisas já foram resolvidas: em poucos dias, a rede emitiu uma atualização para o app que não mais tinha o “bug” avisando sobre o uso da câmera. Vamos ver, portanto, como se dará a decisão da justiça.

via AppleInsider

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…