Os executivos do alto escalão da Apple — Luca Maestri (CFO1), Jeff Williams (COO2) e Katherine Adams (diretora jurídica) — receberam, cada um, um lote de unidades de ações restritas da Apple recentemente.

Publicidade

Os repasses foram registrados pela Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos e revelaram que Maestri e Williams resgataram 519.080 ações da Apple no dia 1º de outubro — o equivalente a pouco mais de US$60 milhões, de acordo com o valor de fechamento da $AAPL ontem (US$116,50). Já Adams recebeu 459.856 ações da companhia que, convertidas, dão US$53,5 milhões.

Vale notar que, como de costume, a Apple reteve uma boa parcela dessas ações para atender às leis fiscais locais; mais especificamente, a companhia reteve 275.649 ações das bonificações de Maestri e Williams e 227.496 no caso de Adams. Com essa dedução, o valor das ações resgatadas pelos executivos gira em torno de US$27-28 milhões.

Atualmente, Williams detém 489.260 ações da empresa; já Maestri possui 353.703 e, Adams, 323.396.

Publicidade

Os executivos da Apple recebem, anualmente, uma quantidade de ações restritas da companhia com base no desempenho dos papéis da empresa durante um período de três anos (de 1º de outubro de 2017 a 26 de setembro de 2020), entre outros fatores.

via AppleInsider

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…