Registros de Saúde da Apple chegam ao Reino Unido e ao Canadá Enfim, a expansão internacional se inicia

Já faz bastante tempo desde que a Apple trouxe ao iOS o recurso Registros de Saúde (Health Records), o qual permite que usuários reúnam e visualizem seus registros médicos diretamente no iPhone.

Publicidade

Até hoje, entretanto, a funcionalidade só estava disponível nos Estados Unidos. Agora, finamente, a Maçã está iniciando sua expansão internacional, começando pelo Reino Unido e pelo Canadá.

Registros de Saúde do iOS

Como de costume, o recurso depende da parceria com instituições médicas — e, ao menos inicialmente, o suporte será limitado nos dois países. As organizações que trarão suporte aos Registros de Saúde são as seguintes:

  • Oxford University Hospitals NHS Foundation Trust (Oxford, Reino Unido)
  • Milton Keynes University Hospital NHS Foundation Trust (Milton Keynes, Reino Unido)
  • Women’s College Hospital (Toronto, Canadá)
  • St. Joseph’s Healthcare Hamilton (Hamilton, Canadá)
  • Mackenzie Health (Richmond Hill, Canadá)

Obviamente, a ideia é que a lista vá se expandindo rapidamente agora que a expansão internacional foi iniciada. Nos EUA, para se ter uma ideia, o recurso começou com a parceria de uma dúzia de instituições, e hoje já são mais de 500 que trabalham com os Registros de Saúde da Maçã, com mais de 11.000 unidades de tratamento incluídas na plataforma.

Para quem não é muito familiar à coisa toda, os Registros de Saúde permitem que as instituições enviem diretamente ao seu iPhone resultados de exames, registros de consultas, alergias, vacinas, receitas, medicações, procedimentos realizados e outras informações importantes. Desta forma, você tem todos esses dados reunidos em um só lugar, podendo fornecer ao seu médico uma visão muito mais abrangente da sua saúde — e esquecer toda aquela papelada.

Naturalmente, há uma preocupação muito grande com a questão da privacidade: todos os dados são criptografados de ponta a ponta e só podem ser desbloqueados com sua senha ou via Face ID/Touch ID.

Fica a expectativa, agora, para que o recurso chegue a outros países. Seria ótimo, não?

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…