Vídeo do Apple Arcade mostra alguns jogos dos mais de 100 que serão lançados no serviço

O ex-diretor da App Store, Phil Shoemaker, afirmou que o Apple Arcade viola as políticas da loja de aplicativos da Maçã que impedem o Xbox Game Pass (da Microsoft) e o Stadia (do Google) de serem distribuídos para iOS. As informações são do Business Insider.

Publicidade

Segundo a reportagem, Shoemaker informou ao Subcomitê Antitruste do Congresso dos Estados Unidos que os aplicativos os quais competem com os serviços da Apple têm “um histórico de problemas para passar pelo processo de revisão da App Store”.

O serviço de jogos da Apple, Apple Arcade, seria um tipo de aplicativo consistentemente proibido de entrar na loja, quando oferecido por desenvolvedores terceirizados, mas a Apple permite seu próprio serviço na loja, embora viole as diretrizes [da App Store] existentes.

É importante observar, porém, que a Apple não impede qualquer tipo de serviço/plataforma de distribuição de jogos na sua loja de aplicativos. De fato, desenvolvedores que desejam oferecer acesso a um catálogo de games podem fazê-lo desde que cada jogo individual seja submetido à aprovação da App Store — abordagem adotada pelo GameClub, por exemplo.

A Apple diz que jogos são diferentes de filmes e músicas (os quais são distribuídos por uma variedade de apps) porque “são interativos e os consumidores têm expectativas diferentes”. Ainda não está claro como a companhia justificará essa postura — mas ter o próprio ex-chefe da App Store depondo contra certamente não ajuda a empresa.

Publicidade

A Microsoft disse que espera chegar a “alguma resolução” para o problema do xCloud, e acredita que isso pode significar ter que enviar relutantemente cada jogo individual para revisão da App Store.

via 9to5Mac

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…