iPhones 12 dos EUA funcionarão nas redes 4G/5G do Brasil

iPhone 12 Pro deitado na cor azul pacífico

A Apple lançou hoje os iPhones 12 mini, 12, 12 Pro e 12 Pro Max. Apesar de a grande novidade ser o suporte a redes 5G, por aqui no Brasil isso não importa muito nesse momento, afinal a implementação da tecnologia ainda está engatinhando.

Publicidade

O que interessa nesse caso, então, é: os iPhones americanos (mais fáceis de serem importados para o Brasil) são compatíveis com as nossas redes 4G? E a resposta, felizmente, é: sim!

São quatro(!) modelos diferentes para cada aparelho lançado, conforme podemos ver nessa página:

  • iPhone 12 mini: A2172, A2402, A2403 e A2404
  • iPhone 12: A2176, A2398, A2399 e A2400
  • iPhone 12 Pro: A2341, A2406, A2407 e A2408
  • iPhone 12 Pro Max: A2342, A2410, A2411 e A2412

E a Apple dividiu assim: os primeiros modelos são destinados ao mercado americano; os segundos, ao Canadá e ao Japão; os terceiros são os mais “globais”, com disponibilidade na América Latina, na Europa e na Ásia; já os quartos são basicamente exclusivos para China, Hong Kong e Macau.

Publicidade

Focando na tecnologia 4G, *todos* esses modelos são compatíveis com as bandas/frequências usadas pelas operadoras brasileiras (inclusive as menos utilizadas). São elas: 1 (2.100MHz), 3 (1.800MHz), 5 (850MHz), 7 (2.600MHz) e 28 (700MHz APT). Resumindo: todos os aparelhos vendidos pela Apple são compatíveis com o 4,5G aqui no Brasil.

Também não há com o que se preocupar caso você compre um iPhone importado: como sabemos, mesmo que você adquira um modelo americano (o qual será diferente do homologado/comercializado no Brasil), a Apple oferece suporte/garantia por aqui caso alguma coisa aconteça com ele. 😉

E o 5G?

Ainda que não seja uma realidade no Brasil, um dia o 5G será implementado por aqui. E a boa notícia é que os iPhones americanos também serão compatível com elas.

Como informou o Tecnoblog, os modelos que serão vendidos no Brasil (A2403, A2399, A2407 e A2411) suportam as bandas n1 (2100), n3 (1800), n5 (850), n7 (2600) e n28 (700), que são as licenciadas para as operadoras brasileiras e atualmente utilizadas nas redes 2G, 3G, 4G e 5G DSS. Eles também trazem compatibilidade para as frequências de 2,3GHz e 3,5GHz — n40 (2300), n77 (3700) e n78 (3500) —, as quais serão leiloadas pela Anatel em 2021.

Publicidade

Essas mesmas bandas são suportadas também pelos modelos americanos dos iPhones 12 mini, 12, 12 Pro e 12 Pro Max. Na verdade, falando de 5G, os iPhones americanos são os mais completos, já que eles são os únicos que suportam a tecnologia mmWave. Contudo, esse suporte está restrito aos EUA; no resto do mundo, os novos iPhones funcionarão apenas no 5G sub-6GHz.

As frequências de ondas milimétricas trazem altíssimas velocidades; por outro lado, contam com uma penetração/um alcance de sinal ruim. Desta forma, elas são ideais para serem implementadas em locais com alta concentração de pessoas (estádios, aeroportos e shoppings), porém inadequadas para cidades de uma forma geral.

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…