Sistema de câmera Pro

Os novos iPhone estão entre nós e, como esperado, os modelos topos-de-linha contam com uma série de recursos avançados — entre eles, um novo scanner LiDAR que aumentará significativamente a capacidade de realidade aumentada e fotografia dos iPhones 12 Pro e 12 Pro Max.

Publicidade

Além disso, a Apple apresentou outros recursos e melhorias que certamente impulsionarão a experiência e a qualidade das fotos tiradas com os novos modelos flagship, como veremos mais à frente.

Scanner LiDAR

Apresentado pela primeira vez no iPad Pro, o scanner LiDAR é um sistema ToF1 baseado em laser o qual permite que um dispositivo calcule rapidamente a distância até um objeto.

Nos iPhones 12 Pro e 12 Pro Max, o scanner LiDAR aprimora o framework ARKit da Apple, bem como a captura de fotos e vídeos. Por exemplo: o LiDAR pode criar mapas de profundidade precisos de um ambiente ou cena. Isso permitirá experiências de AR2 instantânea”, cenas mais realistas e, é claro, uma infinidade de possibilidades para desenvolvedores.

Nesse sentido, o Snapchat confirmou que será um dos primeiros a colocar a nova tecnologia em uso no seu aplicativo para iOS. De acordo com o TechCrunch, o app contará com filtros que interagem com o ambiente e, segundos os desenvolvedores do app, serão lançadas lentes específicas para os iPhones 12 Pro, as quais tirarão proveito do scanner LiDAR.

Publicidade

Mais do que isso, também, o scanner LiDAR aprimora o foco automático em cenas com pouca luz. Mais especificamente, o tempo de foco é cerca de 6x mais rápido em cenas com pouca luz, tanto em vídeos quanto em fotos — em relação aos iPhones 11 Pro e 11 Pro Max, que não possuem o mesmo sensor. Ademais, como destacado no evento especial, o scanner LiDAR possibilita tirar fotos no Modo Retrato com o Modo Noite ativado.

Apple ProRAW 

O Apple ProRAW é um novo formato de imagem que combina os recursos de fotografia computacional dos novos iPhones 12 Pro e 12 Pro Max com os benefícios de fotografar em RAW. De acordo com a Maçã, o recurso será lançado (via atualização de software) para os novos aparelhos até o fim deste ano.

Normalmente, ao fotografar em RAW, perdem-se os benefícios dos recursos de fotografia computacional da Apple, como Deep Fusion e o HDR Inteligente. Com os iPhones 12 Pro e 12 Pro Max, será possível fotografar no formato Apple ProRAW, que combina os dois.

Será possível gravar com Apple ProRAW diretamente pelo app Câmera nativo e uma API3 permitirá que os desenvolvedores implantem a captura ProRAW em seus próprios aplicativos.

Dolby Vision

As novas possibilidades com o formato de imagem também permitem que os iPhones 12 Pro e 12 Pro Max gravem vídeos pela primeira vez em Dolby Vision com HDR, um padrão geralmente aplicado em suítes de edição depois de gravar um filme ou comercial em câmeras profissionais.

Ambos os sistemas de câmeras (frontal e traseiro) dos novos flagships são capazes de gravar em Dolby Vision, sendo que as câmeras traseiras podem gravar em 4K com até 60 quadros por segundo e, a frontal, até 30qps.

Publicidade

Vale notar, contudo, que esse não é um recurso exclusivos dos modelos 12 Pro e 12 Pro Max — ele também está disponível nos iPhones 12 mini e 12, porém apenas com gravação de até 30qps (tanto na câmera frontal quanto traseira).

Outras melhorias

  • Zoom: os iPhones 12 Pro e 12 Pro Max possuem zoom ainda mais avançado. Nesse sentido, o primeiro tem zoom in e out (óptico) de 2x, alcance de zoom óptico de 4x e digital de até 6x. Já o segundo tem zoom in e out (óptico) de 2,5x e 2x, respectivamente; além disso, ele possui alcance de zoom óptico de 5x e digital de até 7x.
  • Sensor de imagem maior: com um sensor 47% maior, os iPhones 12 Pro e 12 Pro Max capturam mais luz, permitindo fotos mais brilhantes com menos ruído e melhor faixa dinâmica. Combinada com outras melhorias, a Apple calcula que o iPhone 12 Pro Max oferece uma melhoria de 87% nas imagens com pouca luz em comparação ao iPhone 11 Pro.
  • Estabilização aprimorada: a estabilização ótica de imagem também foi aprimorada, com o sensor de imagem contrabalançando movimentos e vibrações — em vez de mover as lentes mais pesadas, como acontece com os iPhones 11 Pro.

Veremos os testes e análises apuradas com essas novas câmeras. 😀

via CNET, TechCrunch

Taggeado:

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…