iPhones 12 dos EUA terão recorte na lateral para o 5G mmWave

Ontem, enquanto apresentava os iPhones 12 mini, 12, 12 Pro e 12 Pro Max, imagens mostradas durante a keynote revelaram um novo “recorte” na lateral dos aparelhos que deixou muitos intrigados. Houve, inclusive, quem achasse que aquilo ali era um Touch ID ou um conector magnético para o Apple Pencil.

Publicidade

Bem, é mais simples do que parece. Conforme adiantamos ontem, apenas os iPhones 12 vendidos nos Estados Unidos terão suporte a redes 5G mmWave. Essa “versão” de ondas milimétricas do 5G é a que atinge aquelas velocidades surreais da tecnologia; por outro lado, por trabalhar com frequências altíssimas, ela tem um alcance bem limitado, requerendo um número maior de antenas espalhadas pela cidade.

Em todo o resto do mundo, os novos iPhones terão o 5G sub-6GHz — que, em condições ideais (frise-se bem isso…), já é sim bem superior ao 4G/4,5G que estamos acostumados.

iPhone 12 americano vs. brasileiro (marca do 5G mmWave)
iPhone 12 americano à esquerda, brasileiro à direita

Agora olhe a imagem acima e veja que há uma pequena diferença entre o iPhone 12 americano e o brasileiro (que é igual ao do resto do mundo): o tal recorte na lateral direita do aparelho.

Trata-se, conforme o The Verge apurou com a Apple, de uma antena extra específica para o 5G mmWave. Além de provavelmente ser um recorte de plástico (que deixa o sinal passar, ao contrário do alumínio ou do aço inoxidável), algo visível assim evita que usuários posicionem suas mãos sobre a área — lembram do #antennagate, né? 😛

Como explicamos ontem, mesmo com essa diferença, quem comprar um dos novos iPhones nos EUA não terá com o que se preocupar com termos de compatibilidade do 4G ou do 5G no Brasil; eles serão 100% compatíveis com nossas bandas.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…