Bill Gates: investigações antitruste não devem agrupar empresas

O cofundador da Microsoft, Bill Gates, disse em uma entrevista durante o GeekWire Summit que os órgãos reguladores americanos devem examinar cada empresa de tecnologia separadamente no caso antitruste envolvendo Apple, Google, Facebook e Amazon.

Publicidade

Embora a Microsoft não esteja no bolo, Gates sugeriu que é um erro agrupar empresas como essas quatro, já que elas “operam em mercados muito diferentes”. A Apple, por exemplo, está sendo investigada por suas políticas da App Store, enquanto o Google está sob o microscópio do órgão por construir um suposto monopólio em busca e publicidade.

Certamente o escrutínio é importante. Essas empresas estão moldando as comunicações, o comércio e os políticos precisam pensar: “Ok, quais são as regras lá?” Acho que é uma pena que eles estejam agrupando as empresas, porque há tantos problemas diferentes.

O executivo disse, ainda, que os Estados Unidos deveriam aprender com o exemplo da Europa — que é mais “receptiva a ações agressivas contra supostos monopólios”.

Se eles [os investigadores] quiserem ser sérios, terão que se concentrar, enumerar as questões e debatê-las. Então, eu diria que estamos no começo [da investigação].

Como dissemos, a Apple é alvo de uma ampla investigação antitruste devido às políticas da App Store, as quais supostamente criam um monopólio e favorecem a empresa em relação a serviços e produtos de terceiros.

O CEO1 da Maçã, Tim Cook, falou aos legisladores em uma audiência em julho que a companhia “não detém o poder de monopólio em nenhum mercado em que compete”. Apesar disso, um deputado americano disse que a Apple possui certo monopólio e recomendou mudanças legislativas para diminuir essa ocorrência.

via CNBC

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…